pasaro

JÀ NO AR (Beta)

JÀ NO AR (Beta)
Clique e assista

O MAIOR SHOP ONLINE DO BRASIL

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Subcomandante de UPP é morto ao reagir a assalto no Rio,

Subcomandante da UPP é baleado e morto durante um assalto em Jacarepaguá


Foto Web

O tenente Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, subcomandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Kennedy, foi baleado e morto durante um assalto na madrugada desta quarta-feira. 

O policial estava numa lanchonete na Estrada do Gabinal, na Freguesia, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, quando ele e outros fregueses foram abordados por bandidos.
O PM foi morto após reagir.

Os ladrões revidaram e, durante o troca de tiros, Lopes da Cruz foi baleado mais de uma vez, segundo informações de policiais da Divisão de Homicídos (DH) da Capital. Pelo menos um dos criminosos também teria ficado ferido, mas ainda assim conseguiu fugir.

Policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) foram acionados para a lanchonete e, ao chegarem ao local, encontraram o tenente caído ao lado do carro. Ele ainda foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra, mas não resistiu aos ferimentos.
Fonte: Extra.com

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Globocop da Globo cai no mar do Recife

Globocop da Globo em Pernambuco cai no mar do Recife


 O Globocop, helicóptero que presta serviço à Globo em Pernambuco, caiu na manhã desta terça-feira (23), na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife. O acidente ocorreu por volta das 6h15 (horário local). De acordo com informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), três pessoas estavam na aeronave. Duas delas morreram e uma foi encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), na área central capital.

Dois dos ocupantes eram funcionários da empresa Helisae, que presta serviços para a TV Globo há mais de 15 anos. O helicóptero era pilotado pelo comandante Daniel Galvão, que morreu no local. Também estavam a bordo a 1ª sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza, que chegou a ser socorrida, mas faleceu, e o operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, que se encontra em estado grave no HR.
Segundo o diretor geral do hospital, Miguel Arcanjo, Miguel Brendo chegou na unidade de saúde com uma condição muito grave, mas a equipe médica conseguiu estancar a hemorragia. O operador apresenta politraumatismo com uma lesão grave na face. Nesse primeiro momento, os médicos tentam estabilizar o quadro de saúde para depois fazer uma tomografia.

O Globocop era um helicóptero modelo Robinson R44/News copter, aeronave específica para filmagem aérea. De acordo com a Helisae, a aeronave passou na terça-feira (16) pela inspeção anual de manutenção. A empresa afirmou que o helicóptero era mantido pelos padrões técnicos exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e órgãos responsáveis, cumprindo um calendário rigoroso de manutenção.

“O helicóptero tinha acabado de sair de uma revisão. A parte documental, manutenção, tudo em dia. A gente voa há 15 anos nesses helicópteros do Globocop. Ontem mesmo outros controladores voaram com a gente. Eu, particularmente, voei o dia inteiro nesse helicóptero. Fiz o Bom Dia Pernambuco, fiz o NETV 1ª Edição. O outro comandante da empresa voou à tarde”, contou Wagner Monteiro, dono da empresa.

 Fonte: g1.globo.com

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

A Tragédia no calçadão de Copacabana no RJ


Carro invade praia de Copacabana 15 pessoas ficam feridas RJ





Carro invade o Calçadão da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (18). na altura da Rua Figueiredo de Magalhães e quinze pessoas ficaram feridas, segundo o Corpo de Bombeiros.
Sete adultos e duas crianças foram encaminhadas para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Quatro casos inspiram cuidados, segundo o hospital. O bebê de 8 meses atropelado veio a óbito:

O motorista, identificado como Antonio de Almeida de 41anos, responsável pelo atropelamento coletivo disse aos polícias que teve um ataque epilético.


Noticias do dia

MAIS NOTICIAS AQUI